terça-feira, 27 de outubro de 2015

Faxina semanal no banheiro!

Até mesmo quando o assunto é a limpeza da casa vale a máxima 'prevenir e melhor do que remediar'. Isso porque a limpeza periódica de alguns locais evita o acúmulo de sujeiras que normalmente são mais difíceis de ser removidas. É o caso, por exemplo, da banheira, box e azulejos do banheiro, que se não forem corretamente limpos, acabam impregnados por uma camada de gordura que torna a limpeza muito mais difícil. 

Isso acontece porque ao tomarmos banho eliminamos óleos naturais que recobrem a pele do corpo. Então, sem o devido cuidado para mandar essa gordura definitivamente para o esgoto, as superfícies do box e da banheira vão acumular esse tipo de sujeira. 

As manchas de gordura não se formam de um dia para o outro. "Se a banheira ou o box estão com manchas de gordura é porque eles não têm sido lavados adequadamente há bastante tempo". 

Eliminando as manchas 

Se sua banheira e box já estão com manchas, sugerimos três produtos de limpeza que vão resolver o problema. 

Em primeiro lugar, tente lavar o local com uma mistura de detergente neutro de limpeza com água fervente. Deixe de molho por alguns minutos e esfregue com uma bucha ou escova. 

Caso isso não seja suficiente para remover as manchas, é preciso tentar uma solução um pouco mais forte. Com a banheira ou box secos, preferencialmente no dia seguinte ao uso, aplique um removedor de gordura (aquele usado na cozinha, por exemplo) com um pano ou buchinha de limpeza. Não misture com água e não faça esse procedimento no ambiente molhado, senão a gordura não vai sair. 

Se ainda assim a mancha persistir, recorra à terceira alternativa: detergente concentrado, que é usado normalmente para a limpeza de fornos e grelhas de churrasqueiras. Aplique-o puro, com um pano, deixe agir por dois ou três minutos e lave. Mas atenção: procure pelos produtos que não contenham amoníaco, já que esse componente pode ser bastante prejudicial à saúde. "O amoníaco é muito perigoso de se usar em casa, principalmente na banheira. Você pode se acidentar gravemente ao usá-lo, pois é um produto tóxico", alerta a especialista. É importante também verificar se o material da banheira não irá estragar com o uso do detergente concentrado. No geral, as de cerâmica são mais resistentes. 


dicas e idéias para sua casa

Limpeza periódica 

Para evitar o acúmulo de sujeira - e a limpeza pesada - o ideal é caprichar na lavagem do banheiro pelo menos uma vez por semana. Isso inclui lavar o box, os azulejos e o ralo do chuveiro. 

A solução de limpeza é simples: misture água com detergente comum (ou removedor de gordura) e aplique com uma escova macia ou esfregão em toda a área onde a água do banho respinga. Se houver manchas de mofo, use algum removedor a base de cloro para eliminá-las. 

Já a banheira, deve ser higienizada toda vez que é utilizada. Para quem usa todos os dias e não tem tempo, a limpeza pode ser feita três vezes na semana. Quem costuma usar óleos para banho deve fazer a higienização com água quente e detergente, preferencialmente no dia seguinte à utilização da banheira. 

Quanto ao ralo, a manutenção diária consiste em retirar, depois do banho, os fios de cabelo que possam ter caído. Para limpeza interna, você pode preparar soluções caseiras preventivas e usá-las 
mensalmente. Uma opção é ferver dois litros de água e misturar 100 g de sal. Jogue essa mistura nos ralos e pias, pois o sal ajuda a dissolver as sujeiras acumuladas. 

Se achar que há sinais de entupimento por gorduras opte por uma solução mais reforçada: misture 1/2 copo de bicarbonato de sódio, 3,5 litros de água quente e 1 xícara de vinagre branco e jogue aos poucos sobre o ralo ou pia do banheiro. Essa mistura também é eficiente para desentupir o encanamento da pia da cozinha. (Com informações do Bolsa de Mulher) 

fonte: www.bonde.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário