segunda-feira, 24 de março de 2014

Seguindo 10 dicas, para se livrar da bagunça na cozinha!!




 Regra nº 1: Tirou, guardou!
Se você pegar um pote de açúcar, por exemplo, deve levá-lo de volta ao mesmo lugar. E nada de preguiça ao arrumar. Não acumular objetos soltos pelo ambiente também ajuda a manter a organização.

 Regra nº 2: Armazene com lógica
 Deixe próximo ao fogão os materiais e utensílios que costuma utilizar ao cozinhar, como o porta-temperos e as panelas. Mas não debaixo da pia, pois este é o ambiente mais sujeito à umidade, propício à formação de fungos e bactérias, diz Cristina. Pratos e copos, por sua vez, devem ficar próximos à mesa, assim como os panos de prato devem ficar ao lado da pia.

 Regra nº 3: Nada de guardar talheres na primeira gaveta da pia
 Esta deve acomodar os utensílios utilizados durante o preparo da comida, como facas, espátulas e escumadeiras. Talheres para servir ficam no armário próximo à mesa e dentro do porta-talher. Senão, quem for arrumar a mesa acaba atrapalhando o cozinheiro.

 Regra nº 4: Tudo o que estiver à vista é passível de sujeira
Frituras e gorduras se espalham pelo ar e acabam se juntando com a poluição, grudando em móveis e utensílios. Um bom exaustor ajuda.

 Regra nº 5: Depois que organizar o local, não troque os utensílios de lugar
Nada pior do que guardar os objetos provisoriamente. Se não é o local escolhido, provavelmente irá esquecer onde estão.

 Regra nº 6: Preserve a circulação do ambiente
Móveis e objetos espalhados atravancam e atrapalham.

Conheça os segredos para deixar os seus sapatos confortáveis

1. Sacos de Gelo


Coloque sacos preenchidos com 1/4 de água dentro dos sapatos, pressionando-os para dentro da parte do sapato onde aperta mais o seu pé. Deixe os sapatos no freezer ou geladeira. Retire-os quando a água virar gelo.

Leve os sapatos ainda com os sacos para um lugar com temperatura ambiente até que a água dos sacos derreta. Retire os sacos e seque os sapatos.


2. Álcool e papel


Aplique álcool ou água na parte interna dos sapatos. Complete com papel amassado, limpo e úmido. Aperte bem e aguarde 12 horas. Retire o papel e calce o sapato ainda úmido para tomar a forma do pé.



3. Condicionador de Cabelo


Passe condicionador de cabelo na borda interior do sapato. Cuidado para não melecar a parte de fora, dependendo do material de que é feito o calçado pode manchar (como tecido ou camurça). Passe uma quantidade razoável, suficiente para cobrir toda a área interna da borda que está pegando no seu pé. Deixe descansar um dia (se estiver com pressa algumas horas já ajudam) e passe um pano seco para tirar o excesso. Não funciona para sapatos de plástico ou de material sintético. 



4. Modeladores de Sapato




Utilize modeladores de sapatos que além de amaciar o couro, ainda proporcionam um cheirinho gostoso e conservam melhor os calçados. 

fonte: http://www.organizesuavida.com.br

Como cuidar de sua casa e evitar alergias no inverno

Dicas de cuidados com roupas, cobertores, objetos e a limpeza da casa para evitar sintomas da rinite

Junto com as temperaturas mais frias chegam alguns problemas de saúde, normalmente relacionados à alergias e doenças respiratórias, como resfriado, gripe, bronquite, pneumonia, asma e rinite.


Asma e a rinites são as mais comuns, elas ocorrem porque o aumento do ar seco mantém mais partículas de poluição no ar. Algumas ações podem ser feitas para minimizar os problemas.

Uma delas é mudar a maneira como a limpeza de casa ou local de trabalho é feita. Não use vassoura ou aspirador de pó. O indicado por especialistas é a utilização de panos úmidos, evitando quando possível o uso de produtos químicos.

Manter o ambiente ventilado também é uma dica.

O frio chega e é hora de tirar casacos e blusas de lã do armário, mas isso também pode ajudar o desenvolvimento de doenças. É importante que antes de utilizar as peças, elas sejam lavadas. No caso de quem já tem alergias é importante evitar roupas de crochê ou tricô e dar preferência por peças de algodão. E os edredons são mais recomendados que os cobertores de lã. Quando você guarda roupas, cobertores e edredons em sacos a vácuo como o Space Bag, você mantém a poeira, fungo e ácaros longes da sua família.

Edredon é recomendado

Confira mais dicas para fugir dos problemas de saúde que aparecem no inverno:

Fique atenta às variações de temperatura. Em casa, no trabalho e em outros locais fechados, é comum sentir calor. Porém, ao sair destes ambientes, a brusca queda de temperatura pode facilitar a ocorrência de doenças. Agasalhe-se antes de sair;

quarta-feira, 19 de março de 2014

12 Coisas Essenciais Para Ter No Quarto De Um Idoso Ou Doente

Cuidar de um idoso ou de alguém com uma doença é uma atividade que se cinge maioritariamente a casa e não raras vezes ao quarto de dormir. Para garantir que o quarto da pessoa de quem cuida seja um espaço de conforto e bem-estar, saiba quais as 12 coisas que não devem faltar.


Cama articulada: uma cama articulada é um dos melhores equipamentos para ter no quarto de um idoso ou doente, facilitando a vida de quem dela precisa, mas também do cuidador. No caso de não poder adquirir ou não haver necessidade de ter uma cama articulada, a cama existente no quarto do idoso ou doente deve ser preferencialmente baixa, uma vez que confere uma maior segurança aos atos de levantar e deitar. Adicionalmente, o quarto deve estar equipado com uma barra de apoio na cama, que é uma ajuda adicional para o idoso ou pessoa doente se levantar e deitar.


Mesa de cama: se o idoso ou doente passar muito tempo na cama ou se estiver confinado a ela 24 horas por dia, uma mesa de cama é essencial para facilitar momentos tão simples como o das refeições. Para além disso, uma mesa de cama é ainda um excelente aliado para atividades como a leitura, a escrita ou os jogos.


Poltrona: para além da cama, uma poltrona é a segunda peça de mobília mais importante no quarto de um idoso ou pessoa doente. A poltrona ou cadeirão, que deve ter apoios para os braços e um assento alto, serve para a pessoa se sentar na hora de vestir e calçar, para receber visitas ou para aguardar depois se ter retirado da sua cama e enquanto esta é mudada. 



Detetor de fumo: por um motivo de segurança, principalmente se o idoso ou a pessoa doente passa algumas horas por dia em casa sozinha, aconselha-se a instalação de um detetor de fumo no quarto de dormir.



Copo/garrafa com água: assegurar a alimentação saudável de um idoso ou doente é crucial e, nesse campo, é importante que essa pessoa se mantenha hidratada. Para facilitar o consumo diário recomendado de água, mantenha sempre um copo/garrafa com água na mesa-de-cabeceira do quarto. Para evitar acidentes ou vidros partidos, opte por copos, garrafas ou jarras de água mais resistentes, em plástico, por exemplo.  


Luz de presença: uma luz de presença é outro objeto que se recomenda ter sempre no quarto de um idoso ou doente, nomeadamente para ficar ligada durante a noite, facilitando assim os movimentos da pessoa no casa de ela ter de se levantar, querer beber água ou chamar por alguém.


Relógio digital: com o envelhecimento e/ou o estado de doença da pessoa de quem está a cuidar, a visão é um dos sentidos mais rapidamente afetados, assim como as capacidades cognitivas. De forma a não alienar o idoso ou doente, certifique que ele tenha um relógio no seu quarto, preferencialmente um relógio digital, que é de mais fácil leitura.

quinta-feira, 13 de março de 2014

Organize seus CDS e DVS - Òtima Dica!dvd

Analise aquilo que você realmente gosta de ouvir ou ver

Se você possui na sua coleção, cds (dvds) que nunca ouviu porque foram presentes que você destestou e não sabe o que fazer com eles, a melhor opção é doá-los ou vendê-los em sebos, por exemplo.

Atualize as mídias e mantenha as raridades

Sempre que der um upgrade em seus equipamentos tecnológicos, converta as músicas que ama ouvir.
Passe suas fitas cassetes para CDs e suas fitas VHS para DVDs e assim por diante.
A exceção é para as coleções de vinis antigos, especialmente aqueles que nunca foram remasterizados para CDs, que são muito valiosos.
Guarde-os separados de sua coleção musical atual, onde estejam protegidos da umidade e do calor.

Escolha o espaço adequado

Para que seus CDs fiquem organizados você precisa escolher um espaço que acomode os itens que já tem e os que pretende adquirir ao longo do tempo.
Leve em conta a velocidade de crescimento da sua coleção para dimensionar o espaço que determinar para acomodá-la.


Caso contrário terá que reorganizá-los dentro de alguns meses.

• Prateleiras – deixam os CDs à mostra, o que serve de iniciador de conversa para convidados.
Prefira as horizontais, pois as torres são difíceis de manter.

• Gavetas com divisórias – dentro de sua estante ou em caixas ou baús, são uma ótima alternativa à poeira e à bagunça.

segunda-feira, 3 de março de 2014

15 dicas para decorar sua casa, na Páscoa!

Para receber amigos e família com estilo, inspire-se nestas ideias e faça da Páscoa algo muito especial na sua casa.




  1. Os ovos são um símbolo de renascimento, daí a sua ligação íntima à celebração da Páscoa. A decoração mais clássica para a quadra pascal passa pela pintura de ovos – desenhos personalizados, com stencil, carimbos – mas não só. Também podem ser decorados com sobras de tecido, papel de parede ou lã. A utilização de ovos como elementos decorativos requer que estes sejam cozidos em lume brando durante cerca de 10 minutos (para evitar que rachem, se não, pode estragar a decoração!) ou então através do método do sopro: sobre um recipiente e com recurso a uma agulha, fure o ovo em ambas as extremidades; insira a agulha dentro do ovo para perfurar a gema e facilitar a sua extracção. Depois, com uma pequena palhinha, sopre cuidadosamente para dentro do ovo, para que o recheio saia pela outra ponta – aproveitando-o para fazer os doces pascais! Antes de começar a pintar os ovos, enxagúe-os cuidadosamente com água e deixe-os secar ao ar livre (1 ou 2 dias); coloque-os no microondas (15-30 segundos) ou no forno a 160º (5-10 minutos). Depois, é só dar largas à imaginação e criar os seus próprios ovos de ouro!