domingo, 23 de fevereiro de 2014

Objetos em forma de animais são tendência na decoração dos ambientes da sua casa

 Pitadas de Néon

Se a casa é clean, em tons neutros, adicione bossa com peças de cores fortes e iluminadas. Coruja de resina, 14 cm de altura, na Fast House, R$ 68; cães de cerâmica, 28 cm de altura, da Kare, R$ 990 o par



 Versão moderna

À frente do seu tempo, este buldogue é pura graça com tatuagem pintada à mão. De cerâmica, com design de evelyn Tannus, 19 cm de altura, na Conceito Firma Casa, R$ 2 151

sexta-feira, 21 de fevereiro de 2014

15 plantas para varandas com pouco sol

Falta de luz solar não é motivo para não ter plantas em casa: separamos 15 espécies que vão deixar sua varanda mais verde (e que se dão bem na sombra!)





Espécies capazes de se desenvolver sem insolação direta – as chamadas plantas de sombra ou meia-sombra – e que não exigem muitos cuidados diários são ótimas aliadas para quem deseja encher de vida os terraços fechados. Confira, a seguir, 15 sugestões da paisagista Caterina Poli
Dracena pau-d’água: pode chegar a 6 m de altura se mantida com boa irrigação em áreas sombreadas. 

Fícus lyrata: planta ornamental robusta. Não gosta de vento nem de água em excesso.




Palmeira chamaedorea: chega a ultrapassar os 2 m de altura e prefere ficar em ambientes úmidos, longe da luz do sol. 






Palmeira-ráfis: se adapta melhor aos locais sombreados – as folhas tendem a amarelar quando expostas diretamente ao sol. Mantenha sempre bem irrigada. 




Pata-de-elefante: atinge até 3 m na fase adulta e gosta de clima seco e quente. Não exige rega constante. Shopping Garden.









Iuca: precisa de espaço, pois cresce bastante mesmo plantada em vasos. Gosta da proximidade de um janela, onde entra um tanto de luz natural. Basta uma rega semanal.



Asplênio: prefere locais sombreados e quentes, e terra constantemente úmida. Regue três vezes por semana, mas sem encharcar o vaso. O sol deixa suas folhas amareladas. 




Bálsamo: suculenta de médio porte, prefere meia-sombra e pede uma irrigação semanal.





Bromélia gusmânia: apresenta flores vermelhas exuberantes no verão e cresce melhor em ambientes quentes, úmidos e com luz indireta. Regue somente quando a terra estiver seca.



Espada-de-são-jorge: suculenta de folhas graúdas, solicita regas espaçadas e ambientes à meia-sombra. 



Filodendro cascata: não gosta de sol direto e precisa de vaso regado três vezes por semana. 



Lírio-da-paz: evite exposição direta ao vento e aos raios solares. Requer terra sempre úmida.



Orquídea cymbidium: desenvolve-se em locais protegidos do frio e do vento e não exige regas constantes. Produz flores brancas, cor-de-rosa ou vermelhas, somente no inverno.


Orquídea phalaenopsis: precisa de boa ventilação e luminosidade natural indireta. Mantenha o vaso úmido, 
mas nunca encharcado.

Dracena arbórea: resiste bem ao solo seco, portanto duas regas por semana são suficientes. Deixe-a próxima a uma janela. 


fonte:http://casa.abril.com.br

quarta-feira, 19 de fevereiro de 2014

Dicas para mudar de casa sem dores de cabeça

Mudar de casa é um drama. Primeiro é preciso encontrar o lugar perfeito, depois correr para entregar todos os documentos e comprovantes, assinar o contrato para finalmente, marcar a data da mudança.

É aí que começa uma verdadeira maratona para encaixotar objetos, nomear as caixas, desmontar móveis. Só de pensar na bagunça, já bate um desânimo e aquela vontade de desistir. Mas o segredo é manter a calma mesmo com caixas espalhada por todos os lados. Há dicas para evitar dores de cabeça e tornar a mudança mais tranquila.

sábado, 15 de fevereiro de 2014

Dez mandamentos para deixar sua casa com uma energia positiva

 “A casa, assim como o corpo humano, é um organismo vivo. Tudo deve funcionar bem. Se um cômodo está doente, a casa adoece e transmite uma energia negativa”, diz Mariângela Pagano, especialista em Feng Shui, método de harmonização de ambientes criado há mais de 5 mil anos pelos chineses, que garante o bom astral na casa.


“Tudo deve cumprir seu papel” é o ensinamento número 1 de Mariângela Pagano, especialista em Feng Shui, ou seja, nada de transformar um banheiro em um canto para guardar velharias. Isso pode comprometer a energia da casa. Lâmpadas devem acender, gavetas precisam ter espaço para abrir corretamente, portas não podem emperrar.


Excessos também devem ser evitados: roupas, objetos e papéis sem serventia devem ser retirados. “Alguns moradores precisam se livrar daquela mania de pensar que precisam guardar objetos que hoje não têm serventia para um momento mais difícil. Precisam começar a pensar no futuro com uma postura positiva: vou me desfazer disso hoje, mas amanhã vou comprar um melhor”, afirma Mariângela.


Octógono chinês Ba gua pode auxiliar na hora de dispor os móveis no ambiente. A figura de oito lados, tradicional na Astrologia chinesa, pode ser colocada sobre a planta da casa e, a partir da interpretação de um profissional de Feng Shui, indicar em quais regiões da residência os móveis devem ser dispostos.


Para o Feng Shui – e também para o Xamanismo – a postura do morador é importante para criar um ambiente com boas vibrações. “Não basta fazer uma limpeza espiritual no ambiente se a pessoas não tem pensamentos bacanas, não ajuda o próximo, fala palavras negativas no ambiente ou não acredita em coisas positivas”, afirma Mariângela Pagano, especialista em Feng Shui.


Plantas também podem ajudar a criar um ambiente com vibrações positivas. Um jardim bem cuidado atrai olhares e transmite boas energias. Nada de plantas feias para espantar mal olhado! “Plantas com formatos arredondados também atraem energia positiva”, afirma Mariângela.

quinta-feira, 13 de fevereiro de 2014

Jardim segue princípios do feng shui para cultivar o bem-estar

Preceitos do feng shui aliados à intuição e à sensibilidade resultaram neste refúgio que resgata o equilíbrio original entre homem e natureza.





Em meio à selva de pedra paulistana, um oásis abraça a família da chef de cozinha Jacqueline Nicolodi Barros. Nascida no interior de Santa Catarina, ela desembarcou em São Paulo uma década atrás e há um ano e meio saboreia as boas energias que circulam por esta casa localizada na Chácara Flora, na zona sul da cidade. “Por causa das minhas raízes interioranas, gosto muito de plantas,especialmente de jardins naturais, orgânicos”

terça-feira, 11 de fevereiro de 2014

Jardim de vasos!

Estou tão fissurada no meu jardim, quenão  consigo parar de ler sobre o assunto!!! Preciso fotografar tudo pra mostrar pra vocês, ele já está quase do jeitinho que eu quero, porém, faltam alguns vasos pra preencher alguns espaços!!!! Por isso o tema do post é sobre jardim de vasos, muita gente não tem espaço (no chão) pra plantar e não tem idéia do que um conjunto de vasos é capaz.... Bom, vou deixar as fotos que falam por si só!

Ao contrario do que eu pensava ha pouco tempo, não é necessário que os vasos sejam todos iguais pra fazer bonito! Da pra fazer um composê e arrasar! Até oferece um certo charme a mais!


 Jardim vertical faz todo diferencial no paredão???

 Adorei os cachepos!!!!! 

 As vezes nem é necessário muitos vasos ....



Sim! Podemos ter arvores até na sacada do apartamento! É do escolher a espécie certa!!!! E esses cadinhos pendurados nos galhos??? Amei!!!


As vezes não damos credito as flores baratas ..... Olha q incrível o efeito dessa janela com kalanchuê! Vou copiar!!!!


Isso é uma cobertura!!! E quem diria que nao é o quintal de uma casa??? Arvores em cachopos, grama e vasos!!! Que tudoooo!!!!!





Então é isso!!! Mistura de vasos, de plantas, cachepos, plantas baratas, plantas pequenas, grandes..... fazem toda diferenca em uma casa ou apartamento. 
não é pra ficar doida e querer tudo??? E olha q eu falei pro marido que eu ia começar a decorar a casa de fora pra dentro..... O jardim ja esta bem formado... Imagine qdo começar por dentro???  Ta vaziazinha minha casa, tem noção do que vai ser isso??? Kkkkkk adoroooooooo, 
Enquanto isso, eu recolho idéias e viajoooo......

fonte: http://maleite.blogspot.com.br

quinta-feira, 6 de fevereiro de 2014

Como tirar manchas do Mármore!




Se na sua casa o revestimento das pias, parede ou chão é de mármore, você deve saber que é preciso atenção para evitar eventuais manchas. Como uma rocha natural, ele é um material muito poroso, com alta capacidade de absorção. Seu uso, portanto, é mais indicado em ambientes internos e com tráfego menos intenso.
A vendedora técnica Joziane Galvão, da marmoraria Pedras Morumbi, em São Paulo, explica que o mármore está sujeito a vários tipos de substâncias no ambiente doméstico, como alimentos, líquidos e produtos de limpeza. Esses produtos podem danificar sua estética e comprometer sua vida útil. Ao utilizá-lo na cozinha, a probabilidade de danos é alta, já que os maiores inimigos deste revestimento são óleos e gorduras, além de ácidos como suco de limão e vinagre, que podem corroer a superfície.

terça-feira, 4 de fevereiro de 2014

Vai Viajar de Férias - dicas de segurança para quando sua casa fica vazia



 Chegou o  momento de curtir praias, visitar parentes e aproveitar tudo de bom que os feriados oferecem. Entretanto, se você pretende viajar por bastante tempo, é importante tomar algumas precauções, principalmente quando o assunto é a segurança da sua casa. Deixar sua propriedade vazia por muito tempo pode ser perigoso e trazer muitas dores de cabeça. 

Cuidados antes de viajar

- De acordo com o especialista, o básico e primordial antes de viajar é verificar se as portas e janelas estão bem fechadas, não deixar as luzes acesas e acionar alarmes caso estejam instalados.